25 de novembro de 2015

Negracor!

Negro é a beleza da noite em forma humana.
Negro é o símbolo da força e do trabalho.
O negro é um ser humano marginalizado.
Um ser julgado pela cor.
Uma alma demonizada pela ignorância.
Um sujeito humilhado por sua presença marcante.
Um cristão até outro dia rejeitado.
Negro uma voz que traz a paz.
Negro tua cor escura reluz a ternura.
Negro que carrega o sorriso branco e
mostra que em todo canto há pouco de nós em cada um.

24 de novembro de 2015

Conto: Amor de Chumbo!



Aquele era um ano de grandes transformações sociais. O país estava no auge dos conflitos, mas o maior deles eu enfrentava dentro mim.  Depois de algum tempo de convivência com alguns amigos de luta me descobri apaixonado, por um dos companheiros, o Renan. Toda aquela perseguição nos aproximou bastante. Vivíamos escondidos. Algumas vezes cheguei a notar que ele me olhava de maneira diferente, mas nunca tivemos coragem de falar sobre o que sentíamos. Um dia cheguei a ensaiar algumas palavras: “Você me tem sem saber. Sei que me olha e precisa se conter. O desejo está nos nossos olhos”. Mas ele nunca ouviu essas palavras da minha boca.
Lembro-me que ele amava as músicas do Chico Buarque. Eu já tinha ouvido uma ou outra música, mas nunca tinha prestado atenção na beleza e maestria dessas composições. Muitas de nossas conversas na madrugada tiveram como trilha sonora as canções do Chico. Lembro-me de uma que dizia assim: “...Depois de te perder, Te encontro com certeza, Talvez num tempo da delicadeza, Onde não diremos nada. Nada aconteceu. Apenas seguirei como encantado ao lado teu”.
Um dia, como muitos dos nossos companheiros, o Renan não voltou para o esconderijo. Resolvi que aquele era o momento de tomar outro rumo. Das coisas que ele deixou peguei apenas seu caderno de anotações particulares. Dentre as muitas confidências anotadas, descobri que o Renan que eu tinha conhecido chamava-se, na verdade, Alexandre. Ao folhear as últimas folhas em branco me deparei com a seguinte frase: “Não demonstrar o amor que sentimos por alguém é o maior pecado que podemos cometer, e deste, eu sou culpado”.


24 de outubro de 2015

O Jovem

Assim foi a história de um adorável jovem ...Ele queria conquistar o mundo, mas o mundo o assustava. Ele queria agradar a todos, mas alguns o recusavam. Então, ele resolveu criar seu próprio mundo onde suas esperanças e sonhos tivessem asas.

22 de outubro de 2014

5 dicas para você melhorar seus relacionamentos com as pessoas!

1. Não espere que façam o mesmo que você faria
É frustrante quando os outros não agem da forma que acreditamos ser a melhor. Mas, por outro lado, nós também não agimos como as pessoas acham que deveríamos 100% das vezes. E pensando no lado bom, é por isso que em muitos casos somos surpreendidos positivamente.
2. Para cada pessoa, um perfil
Não é suposição, estudos comprovam que cada pessoa tem um tipo de perfil comportamental, assim como você chegou a um Talento quando preencheu o inventário do MyEtalent. Há os mais tímidos, os mais extrovertidos, os mais preocupados com pessoas, os mais preocupados com regras etc. Buscar entender o comportamento humano é um passo importante para bons relacionamentos.
3. Valorize o que há de melhor
Que tal reconhecer os pontos fortes das pessoas em vez de enaltecer o lado negativo? Isso ajuda a criar laços mais fortes.
4. Dê feedbacks
Se há algum comportamento da outra pessoa que irrita muito você, não deixe chegar no limite da paciência para dizer a ela. Dê feedbacks daquilo que lhe incomoda e construa formas positivas de se relacionar, que sejam viáveis para ambos.
5. Reconheça seus próprios defeitos
Ninguém é perfeito, nem mesmo os seus ídolos. Admitir que você também tem pontos fracos é o primeiro passo para lidar com eles e buscar amenizá-los.
Essas dicas não têm a pretensão de tornar os relacionamentos fáceis, e sim de ajudar a perceber como deixá-los mais saudáveis. Mas lembre-se: para que isso de fato aconteça, você tem que querer.
Fonte: Equipe ETALENT. 

20 de junho de 2014

Vida: Intercâmbio parcial!





"A vida é uma bolsa de Intercâmbio parcial. 
Você ganha a passagem, mas a hospedagem, 
alimentação, educação, trabalho 
e todo o resto serão por sua conta". 
Foto: Estação Jaraguá - Reginaldo Lordannos